CHUTAR O PAU DA BARRACA

























CHUTAR O PAU DA BARRACA
AGIR COM IMPACIÊNCIA DIANTE DE UMA SITUAÇÃO ESTRESSANTE
AGIR COM AGRESSIVIDADE
PERDER O CONTROLE DIANTE DE UMA SITUAÇÃO ESTRESSANTE
**************************************************
EXPRESSÕES DA LÍNGUA PORTUGUESA
EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS
EXPRESSÕES POPULARES
EXPRESSÕES DO DIA A DIA
EXPRESSÕES DO POVO
***************************************************
Edilson Rodrigues Silva

TESTE DE LÍNGUA PORTUGUESA

Vamos ver se você consegue resolver este desafio de Língua portuguesa:

Na frase abaixo deverão ser colocados 1 ponto e 2 vírgulas para que a frase tenha sentido.

Maria toma banho porque sua mãe disse ela pegue a toalha.


Analise bem a oração e coloque o ponto e as duas vírgulas no lugar certo para que a frase tenha um sentido.

Não olhe a resposta antes de responder...

Escreva a sua resposta...

Já escreveu?

Tente mais um pouco...

Tem certeza disso?



Então olhe a resposta correta:


Maria toma banho porque sua. Mãe, disse ela, pegue a toalha.


Existe ainda esta outra frase:


João toma banho quente e sua mãe diz ele quero banho frio.

( João toma banho quente e sua. Mãe, disse ele, pegue a toalha)

DAR COM O NARIZ NA PORTA - DAR COM A CARA NA PORTA





















DAR COM O NARIZ NA PORTA
DAR COM A CARA NA PORTA

CHEGAR EM ALGUM LUGAR E NÃO ENCONTRAR NINGUÉM

BATER EM UMA PORTA E NINGUÉM ATENDER

***************************************************

EXPRESSÕES DA LÍNGUA PORTUGUESA
EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS
EXPRESSÕES POPULARES

EXPRESSÕES DO DIA A DIA

EXPRESSÕES DO POVO

***************************************************

Edilson Rodrigues Silva

NÃO CHORAR SOBRE O LEITE DERRAMADO




















NÃO CHORAR PELO LEITE DERRAMADO
CHORAR PELO LEITE DERRAMADO
CHORAR SOBRE O LEITE DERRAMADO
FICAR SE LAMENTANDO POR ALGUMA COISA QUE JÁ ACONTECEU
FICAR REMOENDO COISAS DO PASSADO
FICAR VIVENDO DE LEMBRANÇAS RUINS DO PASSADO
***************************************************
EXPRESSÕES DA LÍNGUA PORTUGUESA
EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS
EXPRESSÕES POPULARES
EXPRESSÕES DO DIA A DIA
EXPRESSÕES DO POVO
***************************************************
Edilson Rodrigues Silva

DOR DE COTOVELO





















DOR DE COTOVELO
DOR CAUSADA POR UMA DECEPÇÃO AMOROSA

TODO TIPO DE SENTIMENTO RUIM POR CAUSA DE UM AMOR QUE ACABOU
**************************************************

EXPRESSÕES DA LÍNGUA PORTUGUESA

EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS

EXPRESSÕES POPULARES

EXPRESSÕES DO DIA A DIA

EXPRESSÕES DO POVO
***************************************************

Edilson Rodrigues Silva

Concurso, A garota Atrapalhada - Cronica mais Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas

Aquele verão estava demais. Nossa que calor! Ela foi até a sorveteria, ficou conversando com a sua amiga que trabalhava ali servindo os fregueses. Como ela estava estudando muito para poder passar no concurso do Banco do Brasil ela resolveu dar uma pausa e colocar a fofoca em dia. Antes de ir embora ela pediu para a amiga um sorvete de casquinha com duas bolas.
Quando ela foi sair, enquanto ela estava cruzando o grande salão, ela vê pela enorme janela que, ao lado da sorveteria, num bar que servia churrasquinho estava o gatinho que ela paquerava. Ele estava lá conversando com os garotos do time de futebol.
Sem querer mostrar-se muito interessada no garoto ela continuou a sair da sorveteria e antes de ir embora ela resolveu dar uma última olhada, ao virar-se ela não reparou na gaiola com os salgadinhos e esbarrou e a derrubou. Foi sorvete para um lado, casquinha para o outro, batata frita, fandangos, baconzitos e palitos para tudo quanto era lado.


Sorte dela que só a amiga da sorveteria tinha visto a mancada que ela tinha dado. A amiga veio correndo e a ajudou a colocar tudo no lugar só não deu para limpar a roupa dela que tinha ficado um pouco verde por causa do sorvete de pistache.

Sorte que não teve nenhum prejuízo porque o dinheiro estava mais raro que ética na política. O melhor foi que, nem o gatinho e nem os garotos do time dele, não tinham visto o tombo que ela havia levado.


Edilson Rodrigues Silva

Cronicas Engraçadas - Cuidado com a àgua de Coco - História Engraçada















Logo que ele chegou ao banco o pessoal, imediatamente, percebeu a novidade:- Nossa! O que você fez? Porque você está nesta cadeira de rodas?
- Eu também não acredito que estou assim. E acredito que, quando eu contar, ninguém vai acreditar também. Estou assim por causa de uma água de coco saborosa e geladinha.
- Água de coco geladinha! O que é que a água de coco tem a ver com essa triste situação?

-Vocês sabem muito bem que eu ia para a praia neste final de semana não é? Pois é, na estrada nós estávamos com sede e paramos num quiosque que estava cheio de cocos verdes, não tinha como não parar eles estavam convidativos mesmo.
- Então, estávamos nós lá saboreando a deliciosa água de coco quando do nada eu recebo uma pancada muito forte do meu lado direito e sou arremessado num monte de pedras que existiam ali.

- Pancada? De quem?

- De ninguém, e sim, de uma roda de caminhão que veio da rodovia. Nós não percebemos que ela estava se aproximando. O homem do quiosque estava lá dentro e nós estávamos de costas para a rodovia e não pudemos ver nada.
Quando percebemos já era tarde, o homem do quiosque chamou o resgate e fui levado para o hospital. O médico disse que houve uma pequena fratura no osso do quadril e que é melhor não fazer muito esforço. Eu achei melhor vim trabalhar porque ficar em casa eu acho muito pior...

Portanto. Cuidado com a água de coco.


Edilson Rodrigues Silva

Apóstolo Valdemiro Santiago - Valdomiro Santiago - Oração - Adoração - Pregação – Pregações


*
*

Pregações maravilhosas do Evangelho de Jesus Cristo com o Apóstolo Valdemiro Santiago da Igreja IMPD ( Igreja Mundial do Poder de Deus)
Arquivos de aúdio e vídeo com pregações do apóstolo Valdemiro Santigo que foram feitas nas reuniões da IMPD ( Igreja Mundial do Poder de Deus).Embora a Jesus Cristo já tenha dado a salvação para todos os homens se entregando em sacríficio pelos nossos pecados, Muitos ainda não desfrutam deste maravilhoso gesto de amor do Nosso Deus maravilhoso.


Lá você encontrará diversos arquivos com:



- Adoração à Deus com o Apóstolo Valdemiro Santiago;


- Oração de adoração e agradecimento ao Deus todo poderoso com o Apóstolo Valdemiro Santiago;
- Oração de Cura e Libertação Espiritual feita pelo Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Oração para a Cura das Doenças com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Clamor para pedir a Deus um Milagre Urgente na Sua vida com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Oração e Pregações para o seu desenvolvimento e Prosperidade com o Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Aprenda a usar a sua fé ouvindo às pregações do Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Pregações para a Salvação feitas pelo Apóstolo Valdemiro Santiago;

- Testemunhos maravilhosos sobre Curas e Milagres que ocorreram na IMPD - Apóstolo Valdemiro Santiago.



Como ter acesso aos arquivos?



Basta clicar nos link abaixo:



http://www.4shared.com/dir/22652426/3d20cd48/sharing.html


Para você baixar as pregações vá até o site do 4 Shared: http://4shared.com . Na caixa de busca selecione a opção " Qualquer arquivo " e depois digite na qualquer um dos nomes abaixo:


Valdemiro Santiago;

Valdomiro Santiago;

IMPD;

Cid Moreira;

Louvor gospel



No 4 Shared, Quando você observar uma pasta amarela com uma mão embaixo dela chamada " NA PASTA TEM MAIS" e ao lado dela estiver escrito: Minhas pastas compartilhadas ou My shared, entre nela que lá você encontrará uma variedade muito grande de arquivos de pregações com o Apóstolo Valdemiro Santiago, Clips gospel, orações, videos diversos e muitos arquivos de aúdio com o Cid Moreira.



Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.

Copa do Mundo - O Cãozinho Artilheiro - Cronica Engraçadas e Divertidas - História Engraçada
















Ele, a esposa, os dois filhos e o pipoca, o cãozinho da família, estavam indo fazer uma visita ao tio dele que morava num sítio numa pequena cidade do interior. nesta mesma época estava acontecendo a maravilhosa copa do mundo de 2002.

Assim que eles estavam passando numa pequena estrada de terra, como aquele dia estava um calor de rachar mamona, apesar do pó, eles estavam com as janelas abertas para ventilar um pouco mais dentro do veículo. Ao passar por uma valeta ele teve que reduzir a velocidade do carro, num movimento prá lá de inesperado o pipoca saltou pela janela e foi para o campinho correr atrás da bola da molecada.
Era assim que o pipoca gostava de brincar com os meninos. Olha, o cãozinho deu um trabalho...Só vendo viu. Quando o cãozinho pegava a bola não soltava nem a pau, corria com uma vontade de atacante atrás da molecada. Dava gosto de ver, pegava no pé de um, mordia o chinelo do outro e foi aquela mordeção sem fim.


Os donos do pipoca já estavam com a língua de fora de tanto correr atrás dele, mas ele continuava firme atrás da gorduchinha. Levaram uma canseira do cãozinho e, somente depois de um tempo e muita poeira na cara é que eles conseguiram fazer o artilheiro parar.

Com certeza, a garotada não ia esquecer àquela “pelada” tão especial.


Edilson Rodrigues Silva

Internet, A máscara Digital - Cronicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Curtas e Engraçadas

Eles se Conheceram numa sala de bate papo e o papo foi tão bom que estão conversando até hoje. Trocaram muitas coisas: histórias de vida, alegrias, frustrações, sonhos e, agora, ambos concordavam: havia chegado à hora de trocarem experiências mais palpáveis e reais.


Resolveram se encontrar. O lugar marcado foi na frente de um grande banco numa movimentada avenida da cidade. As roupas, o horário, o programa: tudo havia sido combinado para que fosse perfeito. Depois de uma semana ansiosa e longa, chegou o dia. Ela chegou um pouco depois da hora combinada e ficou olhando o lugar. Observou bem e avistou o seu amado: homem forte, alto, bonito, elegante e tudo de bom. Como eles não haviam trocado fotos, ela ficou a observá-lo. Não conheciam a aparência um do outro, deixaram tudo por conta do mistério e da surpresa.


Ela olhou de novo e ficou insegura diante daquele homem tão bonito, será que era ele? Claro que era: O terno azul, a Rosa vermelha na lapela, um Arranjo de Ikebana nas mãos. Sim! Era ele! Não havia dúvidas era assim que ele falou que estaria.


Ela ficou sem saber o que fazer, ir não ir ao encontro dele? Será que ele iria gostar dela? Com medo de ser rejeitada, pois ela considerou não estar à altura de um homem tão bonito e fino, resolveu ir embora e esquecer tudo.


Quando ia voltando para a estação do metrô, a sua cabeça ia fervendo: Ela era uma covarde, medrosa, insegura, uma banana. Como seria a vida dela dali em diante?


Eram muitas questões que ficavam perturbando a sua mente e a sua alma. Resolveu voltar. Ao ver o homem, agora já mais desalinhado e claramente nervoso, ela se enche de coragem e vai ao seu encontro:


- Jorge?


- Quem, eu? Não! Não sou o Jorge e Você quem é?


_ V.. Você não é o Jorge? O meu Jorginho da internet.


- Claro que não! Eu sou o Paulo da Floricultura e estou esperando uma dona que não aparece de jeito nenhum. O cara falou que ela estaria aqui lá pelas treze horas e que era para eu vir vestido assim que era uma surpresa pra ela. Eu acho que levei um golpe. Se eu pego esse filho da mãe eu faço uma besteira. O pior é que ele disse que me pagaria aqui no local do encontro. Se eu pego esse picareta...


- E a senhora que é?


- Eu? Bem, a minha amiga me pediu para ver se o Jorge o irmão dela estava aqui, desculpe incomodá-lo... E foi saindo de fininho, vai que o homem descobre que era ela a dona que ele estava esperando e resolve cobrar o dinheiro do arranjo. Para ela já bastava o bolo que ela estava levando para casa.


A partir daquela data, ela olhou os relacionamentos via internet de outra forma.


Edilson Rodrigues Silva

As meninas Voltaram - Cronicas Diversas






















Agora, olhando a vida por meio da enorme janela da sala de estar. Ela estava sentido a ausência delas, ela mesma não se dava conta disso. A única coisa que ela percebia é que havia um vazio e que a alegria, agora, era menor.



Amanhã tudo seria resolvido. Os trabalhos estariam terminados e tudo voltaria ao normal. A pintura da casa já durava duas semanas e para que elas não sentissem muito as mudanças, cheiros, e outras coisas. Ela as havia mandado para a casa da mãe dela. Era bom que as obras terminassem, pois ela estava com saudades das suas violetas que enfeitam como ninguém as janelas da sua casa e da sua alma.



As violetas faziam o papel de moldura que, coloriam e alegravam o mundo, fazendo assim com que a vida ficasse mais leve, feliz e agradável de levar.



Edilson Rodrigues Silva

Enchimento Original de Fábrica - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas












Outro dia o homem estava no ônibus, ele estava indo fazer a prova do concurso público para assistente administrativo da Polícia Federal e, como sempre, o dito cujo estava abarrotado de gente. Logo no começo da viagem ele percebeu que estava em pé, ao lado dele, uma senhora que estava grávida. A senhora parecia estar de mais ou menos uns seis meses, prontamente ele levantou-se para dar o lugar para a gestante, mostrando assim que , ao contrário do que as mulheres falam por aí , o cavalheirismo ainda existia e, que ali estava um legítimo representante dele.
Ao oferecer o lugar para a moça sentar, no início, ela se fez de desentendida, ficou meio surpresa, ela não estava entendendo muito bem a atitude daquele homem. Acho que ela já estava habitada a tanta grosseria que, quando alguém demonstrou um pouco de cordialidade para com ela, isso tenha causado nela uma certa estranheza. Diante da surpresa e, com um suave sorriso de agradecimento, a moça aceitou o lugar e sentou-se.

Assim que o homem ficou em pé ele olhou melhor para a senhora e ele pode ver que ela logo havia se esparramado de maneira muito confortável sobre o banco do ônibus, foi aí que ele reparou melhor na barriga dela. Para a sua surpresa ele deu-se conta que havia cometido um engano, uma grande bobagem. Agora ele estava percebendo que aquele volume abdominal não era gravidez coisa nenhuma e sim enchimento de fábrica mesmo.

Já era tarde! A distinta senhora se ajeitou no banco e, em menos de cinco minutos, já estava dormindo. A mulher até  roncava. Dava gosto de ver. No mínimo estava sonhando com um belo jantar.

É claro que não preciso dizer que o cidadão ficou muito irritado diante da atitude tão precipitada que ele havia tomado, pois, teve que continuar todo o resto da viagem em pé, apertado, amassado, naquele empura-empura, amassa-amassa e com a galera fungando no cangote dele.

Agora, no ônibus, ele fica de olhos bem abertos para ver se a pessoa merece ou não esse tipo de gentileza.



Edilson Rodrigues Silva

Parabéns César Cielo! O Cielo é o Limite - Crônicas Engraçadas - Cronicas Diversas























Elas olham para ele e começam a tremer. Quando ele bate no peito, nos braços ai o negócio vai pegar fogo, quero dizer: Aí as águas vão rolar! Elas logo imaginam um jeito de também saírem em retirada.

As águas em sinal de respeito e admiração vão se abrindo, limpando o caminho para o campeão. Braçada depois de braçada lá vai Cesar Cielo, Carregando dentro de si o enorme carinho, gratidão e admiração.

O povo, A torcida do Brasil está contigo: Vai lá cezão! Vai lá Cezão!

Um Recorde para carimbar de vez este lindo ano. Não deu na primeira. Não deu ontem, vamos tentar mais uma vez:

Lá vem o Torpedo de Santa Bárbara do Oeste. Ele ele está na posição. Atenção Senhores!

Tóimmmmm! Vai Lá Cezão! .. Vai lá Cezão!...Força Cielo! .. Vai Cezão!...Vai Cezão...Vai Cezão...

Aêêêêêêêêêêêê!
Vibra a galera! Explode de alegria a torcida na mais linda emoção. César Cielo é o novo recordista mundial dos 50m. Nas águas, ele é o homem mais veloz do mundo.
Parabéns campeão! Por mais está conquista do esforço, do trabalho, da dedicação e, principalmente, do seu coração. Um coração que acredita sempre até o último instante. Jamais desiste, enquanto houver uma esperança Lá vai O Cezão!

LEIA TAMBÉM :
SOCORRO! AINDA NÃO CHEGOU A NOSSA HORA.
http://recantodacronica.blogspot.com/2009/10/socorro-ainda-nao-chegou-nossa-hora.html



Edilson Rodrigues Silva

Reflexos da Vida - Crônicas Engraçadas e Divertidas


Nossa! Ele jamais tinha entrado naquele quarto. Sempre eles deixavam aquele lugar fechado. Pensou ele: Acho que era justamente para que eu não viesse aqui e marcasse o território. Olhou para lá, olhou para cá foi explorando tudo o que podia e tudo aquilo que não conhecia.

Hummm! Que tapetinho macio, fofinho, rola de um lado para o outro, levanta, dá uma voltinha, espreguiça e volta a deitar. Afia um pouco as unhas naquele excelente tapete e depois continua a exploração do território desconhecido.

Ei! Quem é você? - falando para seu próprio reflexo no espelho - pois ele jamais havia visto o seu reflexo num espelho.

È por isso que não me deixavam entrar aqui, é por causa deste estranho.

Vou dar um jeito nisso.

Devagarzinho foi novamente até o lugar onde ele tinha observado e desmascarado aquele intrometido. Ele ia dar-lhe uma lição que seria o suficiente para que ele saísse em desabalada carreira e só parasse depois de um ano. Aproximou-se muito lentamente e, assim que ficou frente a frente com o temível adversário, arrepiou-se todo e soltou um terrível miado: miiiaaaauuuuuu!

Bobagem, não adiantou nada, o inimigo respondeu à altura e fez a mesmíssima coisa para ele e parece até que o troco foi mais agressivo ainda. Resolveu enfrentar pata a pata o metido, foi até lá e começou a pular de um lado para o outro simulando o ataque fatal, mas o seu oponente era muito precavido e não saia para o duelo final.

Ele cheirava e nada, dava uma voltinha e nada. Ele já estava ficando irritado com a altivez do invasor .

Pronto! Agora ele ficou estressado, ele iria para o tudo ou nada. Pegou distância e deu uma carreira em direção ao metido... Ploooft! Estatelou o cocuruto no espelho e ficou com um galo do tamanho de um ovo.

Uííííí! Aiiiiiii! Que pancada! Bem, vamos deixar prá lá esse negócio de querer dominar tudo, já num tom mais resignado, ou melhor, mais humilhado. Ele pensava:

Eu sempre vivi bem sem ele e ele sem mim para que mexer agora em time que está ganhando, é ou não é? Cada gato no seu tapetinho.


Edilson Rodrigues Silva

Um Duelo Dificil de Imaginar - Cronicas muito Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas














Agora era o momento decisivo tudo seria colocado nos seus devidos lugares. Quem era o mais popular, o mais amado, o mais famoso, o melhor, o mais poderoso, o terrível, quem é que causava maior medo nos adversários. Tudo! Tudo. Seria colocado em panos muito bem limpos para que não sobrasse a menor centelha de dúvidas.

Depois do duelo ao vencedor toda a vitória, glória e reconhecimento do público em geral e não somente dos fãs, e sim, de toda a nação. Ao herói o triunfo completo, a glória das glórias, o amor de milhões e milhões de torcedores espalhados por todo o país e também pelos mais remotos cantos do globo.

 
Eles trocaram aquele olhar de desprezo, um desdém total. Em cada concorrente a certeza absoluta da vitória diante do oponente. Lá estão eles: O homem Aranha olhando fixamente para o Incrível Hulk. Aquele seria o dia “D” um dia decisivo para ambos.

 

Um silêncio absoluto entre os concorrentes de holywood... Cada um toma a sua posição no campo de batalha e ouve-se ao fundo o sinal para a largada... E o locutor anuncia:

Que vença o melhor!

Começa agora a 85ª Corrida Internacional de São Silvestre. Boa sorte a Todos!

Edilson Rodrigues Silva

A culpa é do meu pai - Crônicas muito Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas


















Ele era um corintiano preto de tão roxo, nem adiantava falar mal do timão. Era só alguém ali do escritório da Receita Federal falar alguma coisa que imediatamente ele retrucava. Ele sempre tinha uma desculpa para aquela derrota humilhante e, também sempre tinha uma boa desculpa até para aquele empate sem graça.
Logo após o almoço ele tinha o hábito de apagar a luz, encostar a porta e depois tirar uma sonequinha. O homem desmaiava. Era um leão abatido com tranqüilizante e, ainda por cima roncava demais, parecia aspirador de pó com o cano de entrada meio fechado.
O pessoal do escritório, um pessoal muito espertos por sinal, com um  bom gosto incrível, pessoas que sabiam muito bem o que queriam, pessoas inteligentíssimas e muitissímo bem humoradas. Enfim, pessoas vitoriosas e ainda por cima três vezes campeões do mundo. Eles tiveram uma excelente ideia. Eles já estavam pensando em fazer essa surpresa para aquele colega já há algum tempo e resolveram esperar o dia da feijoada. Como a feijoada é um prato de digestão mais lenta e isso provocava no colega dorminhoco uma sonolência maior do que a de costume. Por isso a quarta feira era o dia ideal, sem contar que o colega, antes das feijoadas, costumava beber um aperitivo, um não, alguns. 
Logo depois que ele pegou no sono o pessoal do escritório, na ponta dos pés, foi colocando um banner do são Paulo aqui, outro ali, a formação do time tri campeão do mundo, do time tetra campeão do brasileirão, um pôster do Kaká nos bons tempos, outro do Raí dos tempos maravilhoso do Seu Telê...Mais um do Rogério ceni. E assim foi. Com muita calma e cuidado a sala dele ficou cheia de artigos que lembravam uma equipe vitoriosa de verdade, com o autêntico gosto de triunfo, dava orgulho de ver tanta lembrança tricolor boa reunida em um só lugar.
Para finalizar a surpresa, não podia faltar, o hino do tricolor. Era com ele que o pessoal iria acordar a fera, Ia ser memorável, marcante, inesquecível, todos estavam ansiosos, tinha gente até filmando para a posteridade. Ligaram o rádio num volume bem suave e foram aumentando pouco a pouco para dar um tom mais solene ao acontecimento.
Enquanto isso...
Depois de colocar a isca ele pensou:
- Agora esse sem vergonha não me escapa, ora ele programou esta pescaria o ano todo e não era um espertinho daqueles de mais ou menos uns trinta quilos que iria estragar tudo, ele não sabia com quem ele estava lidando.
Jogou o anzol com a isca preparada especialmente para pegar o espertinho... Deu certo! O danado mordeu, vou puxar antes que ele escape... De repente!

“Salve o tricolor paulista...” Pensou ele que diabos o hino do São Paulo está tocando aqui? Quem é o bobão que está tocando essa porcaria. Logo agora que eu ia pegar esse peixão *&#*!%%$.
Ele abriu os olhos... Viu o Raí, o Kaká, Seu Telê... Esse time era muito bom, pensou ele quando olhou para a seleção, para uma não, para todas as seleções tricolores do passado... Ele ficou ali apreciando, lembrando as excelentes conquistas do São Paulo. Ficou pensando, era tudo culpa do seu pai, maldita hora em que o Seu Armando tinha colocado aquela camisa nele, ele só tinha quatro anos... Tudo poderia ser diferente, tudo poderia ser melhor.

Quando ele reparou que o pessoal todo estava olhando pelo vidro logo atrás dele, logo começou a brigar: Quem foi o babaca que colocou estas coisas aqui na minha sala? Se eu pegar o franguinho ou franguinha que fez isso vou deixar ela verde de tanto trabalhar.....Voltem para o trabalho seu Vagabundos!

Edilson Rodrigues Silva

Viva o Churrasco! - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas
















Ô muié vambora!



Vai ser lerda assim lá na Conchichina (Conchinchina foi uma colônia fundada pelos franceses em 1859 no sul da Indochina. Atual região onde fica Laos, Camboja e parte do Vietnã.) mais que demora é essa. Já faz três horas que nós estamos aqui no shopping e nada de você se decidir. Olha, se Deus quiser, eu nunca mais vou acompanhar você quando o assunto for compras. Ô vagareza. Haja paciência!

Olha meu amor, a culpa de eu demorar tanto assim é justamente do senhor e dos seus churrascos.

Ora! O que é que tem a ver os meus churrascos com essa lerdeza sua.

Se não viu não? A reportagem falou que um americano estudou muito e disse que a razão das mulheres demorarem mais nas compras tem a ver com o fato dos homens de antigamente terem que sair para caçar.

Enquanto vocês saiam para caçar nós tínhamos que ficar nas cavernas e acampamentos colhendo, raízes, frutas e coisas na natureza. Neste tipo de atividade o detalhe era muito importante tínhamos que escolher bem, nós não podíamos levar uma fruta passada senão ela iria apodrecer rápido. Por isso desenvolvemos este gosto apurado pelos detalhes.

Enquanto a mulherada estava lá no mato fazendo a coleta, os homens estavam caçando e, quando conseguiam caçar algum animal, tinham que ser bem rápidos, para trazer a carne senão o churrasco ia pro brejo. É por isso que vocês não têm muita paciência com esse negócio de ficar escolhendo isso ou aquilo. Só se for cavalo, aí a coisa muda de figura né?

Como assim cavalo muié? Sê ta maluca!

Claro que não! Eu estou falando do cavalo moderno: O carro. Aí o detalhe é importante é ou não é?.

Esta é uma diferença grande entre nós: Vocês homens estão sempre pensando no churrasco.

Edilson Rodrigues Silva

Coisas Enormes - Crônicas divertidas e Engraçadas - Histórias Engraçadas


Era uma entrevista coletiva para anunciar obras no setor rodoviário, elas seriam realizadas em todo o interior do Estado de São Paulo nos próximos anos. A autoridade presente estava com boa disposição e respondia com muita calma a todas as perguntas. No entanto, havia um repórter que a todo instante fazia perguntas e perguntas longas. No inicio o representante do governo tolerou tudo com muita diplomacia.


Com o passar do tempo, o assessor do governo perdeu a paciência com o tal repórter e dirigiu-se a ele:


- Senhor repórter tal... Sabemos que o senhor é um excelente profissional. No entanto, pensávamos que em Itu somente algumas coisas eram tão grandes. Não sabíamos que lá as perguntas também fossem gigantes. Se o senhor não se importar, há mais repórteres querendo fazer perguntas.




Edilson Rodrigues Silva

Ele não Esperava por essa - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas


Até que enfim um feriadão prolongado e vai ser possível dar relaxada dando uma esticadinha até uma cidadezinha do interior. Quem sabe, comer uma comidinha caipira cheia de sabor do interior e ver uma paisagem diferente. Ficar mesmo que poucas horas livre do trânsito, sem escritório, sem estacionamento, sem metrô, sem chefe e sem estresse nenhum.



Todo dia era aquele trânsito ele já não agüentava mais. Resolveu ir até certo ponto do percurso para o trabalho e depois deixar o carro num estacionamento que ficava no meio do caminho entre o escritório a sua casa. Seguir adiante usando o metrô que, um dia foi bom também. Hoje, nem o metrô escapa do congestionamento, foi uma boa idéia. Bom! Vamos falar de coisas agradáveis.



Mapa na mão, dinheiro para o pedágio, para as despesas, felizes, ele e sua família saem em direção a tão esperada viagem pelo roteiro café com leite. Tudo ia às mil maravilhas, vaquinhas, serras, montanhas, formações rochosas, belas árvores, lindos campos cultivados, laranjais, cafezais e cana, cana, cana até onde a vista alcança...



De repente, um objeto na pista, o desvio brusco e uma pancada forte da guia que separa a rodovia do canteiro lateral. Resultado: um pneu estourado uma roda amassada. Ainda bem que tudo no carro estava em ordem. Foi pegar o estepe. Cadê o estepe? Onde foi parar o estepe que eu deixei aqui?



No estacionamento. Só podia ser lá que o estepe tinha sumido, ele já havia ouvido falar de roubos semelhantes. Quem poderia imaginar que o passeio pelo roteiro do café com leite ia ferver e transbordar tão cedo assim.





Edilson Rodrigues Silva

Aonde o Sol Dorme? - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas




















- Mãe aonde é a casa do sol, onde é que ele dorme? Perguntou a garotinha.


- Ele dorme lá do outro lado do mundo. Na verdade ele morre e nasce todos os dias.


- mas lá do outro lado não é o Japão? Minha vó falou que do outro lado tem o Japão.


-É verdade filha, do outro lado do mundo tem o Japão.


- Então quer dizer que o sol morre para a gente ele nasce para os japoneses não é?


- É sim filha.


-Então, quer dizer que a morte não existe né?


- Por quê?


-Ora, se alguma coisa morre de um lado e nasce do outro quer dizer que a morte então não existe, não é verdade?


-É, se for pensar assim, então é verdade.


-Mãmãe, e o vôvô, ele sumiu! Pra quem ele nasceu, onde ele foi morar?


- Ele voltou para o Papai verdadeiro, ele voltou para casa de Deus, que é o lugar onde todos nós nos encontraremos um dia.



Edilson Rodrigues Silva

Cronicas Engraçadas - Um Almoço com forte emoções



Uma bela cantina italiana. Hum! Que delicia! Àquela macarronada a bolonhesa ou alho e óleo, porpetas recheadas , Lazanha, Caneloni, Rondeli, ravióli e todas aquelas massas, pães, molhos, queijos e vinhos maravilhosos. Pensava ele.
Afinal de contas já havia tanto tempo que ele não ia numa bela cantina italiana. Como por mágica naquele mesmo dia um amigo de velha data o convidou para comer uma bela macarronada ao molho e com porpetas recheadas e, além do mais com o indispensável acompanhamento de um excelente vinho, irrecusável!
Que linda garota! Ele não conseguia tirar os olhos da menina. E a garota, discretamente, correspondia aos olhares dele. Ela estava acompanhada de um senhor que mais parecia o pai ou avô dela. sem que o homem percebesse ela mostrava caras e bocas para ele. O amigo fez questão de lembrar que a bela senhorita estava acompanhada.
Não importava que ela estivesse acompanhada. Ele gabava-se de não ser ciumento e nem possessivo, não tinha problema nenhum. 
Aquele senhor, certamente, deveria a ser um tio, o pai. Mas, o que importava mesmo é que ela era linda, estava dando bola para ele e não dava para deixar de olhar e admirar tamanha beleza. Ele ia esperar uma boa oportunidade para tentar abordá-la, quem sabe uma troca de telefone ou o e-mail para um futuro encontro.
Assim que ela se levantasse para ir ao toalete ele a abordaria e deixaria o seu cartão com ela. Mas e se ela não for ao toalete? Pensou ele.
Bem! Neste caso eu pedirei ao garçom que dê um jeito de entregar para ela o meu cartão. Concluiu. Por uma boa recompensa, com certeza, ele faria tal gentileza.
Neste momento o senhor que acompanhava a linda mulher levantou-se atendeu o celular e foi para o lado de fora da cantina. Era a chance que ele estava esperando para fazer contato com aquela linda garota. Ele se aproximou. Sorriu e, discretamente, entregou a jovem o seu luxuoso cartão. Enquanto ele ainda sentia a doce fragrância do delicioso perfume da bela mulher ele observou que sobre a mesa existia uma pasta. Nela é possível observar que estava escrito:
“Cosa nostra até a morte”.
Imediatamente ele pegou de volta o cartão que já estava na mão da moça e voltou-se para o amigo e falou que eles tinham que sair dali rapidinho. O amigo falava que não tinha comido nada. Ele sem querer saber de nada dava tapas no amigo para que ele saísse imediatamente da cantina.
Lá fora o amigo perguntou para ele o que tinha acontecido e ele, ofegante e bem nervoso, respondeu que tinha se esquecido de pegar o dinheiro e que não teria como pagar a conta e por isso tiveram que sair antes do pedido chegar. Sem mais comentários os dois foram embora mais rápido que salário de pobre.

Edilson Rodrigues Silva

Demorou para cair a ficha - Crônicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas













Logo no começo da sua carreira, lá pelos seus quatorze anos, ele teve uma experiência nada comum. A situação financeira na sua casa ficou apertada e a sua mãe teve que arrumar um trabalho para ele – há uns anos atrás era assim que os pais faziam. Ele iria trabalhar com o Seu Dito, um senhor distinto e bem educado que a sua mãe conhecia lá da igreja.



O Seu Dito orgulhava-se muito do seu trabalho e vivia sempre dizendo que trabalhava com paisagismo. Ele não entrava em detalhes sobre o seu trabalho ele só dizia que trabalhava com plantas, decoração e paisagismo.



Ora! Pensou o garoto: Paisagismo! Pelo nome deve ser uma coisa legal acho que vou me dar bem. Tudo acertado. Logo na segunda feira seguinte o Seu Dito passa de carro na casa do garoto e ambos vão para o trabalho. Chegando ao destino o garoto achou tudo um pouco estranho. No entanto ele observou que existia uma grande área verde e que o trabalho seria ali em alguma praça ou propriedade da região.



Garoto! Pegue as ferramentas que estão lá no carro, hoje, o dia vai ser longo. Temos muito trabalho a fazer e não podemos perder tempo. Ele pegou as ferramentas e ambos foram até o local do trabalho. Agora ele já não estava achando tudo estranho não. Ele estava é completamente espantado! O que é que ele estava fazendo ali naquele lugar? O que é que o Seu Dito estava fazendo ali? Ele não disse que era paisagista e decorador? O que ele não poderia imaginar é que o alegre paisagista trabalhava com um tipo diferenciado de decoração de ambientes.



O fato é que a ficha demorou a cair – ele demorou a fazer a ligação entre um fato e outro – paisagismo, plantas, decoração, cemitério, túmulos, arranjos e etc.



O seu Dito até que era uma cara legal, honesto, digno e muito companheiro. No entanto, ele decidiu: Conversaria com a sua mãe e deixaria bem claro a sua insatisfação quanto ao novo emprego, depois, ele Iria investir num outro projeto profissional porque ele não via no cemitério um bom futuro para ele. Já imaginou: E a galera? A namoradinha? O que é que o pessoal da rua iria dizer dele?



Edilson Rodrigues Silva

Uma Amiga Bem Diferente - Cronicas Engraçadas e Divertidas - Histórias Engraçadas


Quem ficasse olhando os animais passar lá na rua poderia ver diversos tipos de cachorros e alguns gatos que o pessoal levava para passear. Outro dia passou uma senhora que estava sendo conduzida por três labradores – bem gordinhos – eles precisavam mesmo de uma boa caminhada. Outro senhor sempre passava com uma dupla de buldogues muito simpáticos. Interessante! Nunca tinha visto. Uma senhora passou outro dia com um cãozinho muito raro: O salsicha número zero, que é um cãozinho muito pequeno.



Enfim, era gente de tudo quanto é estilo que passava na rua para levar os seus amigos para passear. No entanto, ninguém chamava mais atenção do que ela. Por quê?




Ora, não é da de mais não. Era só pelo fato dela ter uma amiga muito mais do que diferente. Digamos assim, uma amiga pra lá de fofa. Era uma ovelha. Isso mesmo! O animal de estimação dela era uma ovelha.



Ela saia com a ovelhinha como quem passeia com um cãozinho com direito a coleira e todos os artigos necessários para um passeio pelo bairro. Só não era normal a reação das pessoas que viam a cena pela primeira vez.



Mesmo sendo tão diferente, dava para ver que o amor e o carinho de ambas era o mais sincero e verdadeiro possível. Quem é que pode resistir ao amor.







Edilson Rodrigues Silva

UM DOS CHEIROS MAIS DELICIOSOS DO MUNDO

*
*

Era no Sábado e no Domingo que tudo acontecia. Era um dos momentos mais esperados da casa. Nos meio da semana não dava para fazer nada por causa da correria e da rotina do dia a dia.

Antes mesmo da turma acordar o cheiro já invadia a casa toda, tomava conta de todos os ambientes, ele viajava longe e carregava com ele o gostoso sabor do pão com manteiga torradinho que era feito na frigideira.

Para acompanhar também era feito um café com leite. Entretanto, o astro principal era mesmo o gostoso, o cheiroso, o saboroso e indispensável cafezinho.

Logo que o pessoal se levantava eles sentiam o gostoso aroma do café espalhado pelo ar. Eles não percebiam, mas quem os acordava era justamente o aroma, o cheiro gostoso que invadia todo a casa, ele ia viajando pelo ar levava até a memória de cada um as mais gostosas sensações.

Não tinha jeito, mesmo querendo dormir mais um pouquinho, não dava para resistir. Levantavam e saboreavam o simples e delicioso café da manhã.

Depois, se o sono fosse muito, dormia-se mais um pouco, só para, depois, acordar e, novamente tomar o delicioso café.



Edilson Rodrigues Silva

Sempre de Olho na Porta da Frente - Cronicas Engraçadas - Histórias Engraçadas



















Ela frequentemente brigava com ele por causa daquela mania. Tinha dia que ela não estava com paciência para agüentar certas coisas e ela reclamava com ele. O razão de ela reclamar tanto com ele era por causa de uma mania antiga que ele tinha adquirido. Desde garoto ele tinha este tipo de comportamento em algumas ocasiões até ele mesmo tentou libertar-se daquela mania, mas não foi bem sucedido. Toda vez que ele mudava o hábito ele sentia-se desconfortável, inseguro e desprotegido.

Você já pesquisou sobre isso? Já procurou alguém para te ajudar a respeito desta mania? Perguntou a mulher?

Há alguns meses eu procurei um psicólogo para falar de outro problema e comentei com ele sobre esta mania e ele me disse que ele desconhecia alguma coisa sobre este tipo de comportamento, inclusive ele ficou de pesquisar e depois falar comigo. Mas ele não me deu retorno.

Um amigo meu falou que um primo dele tinha este mesmo comportamento e que o primo até já tinha formulado uma teoria própria a respeito daquele comportamento. Segundo o primo dele este tipo de comportamento é herança dos homens das cavernas que tinham que se preocupar com a defesa da família, então ele ficava sempre atento, de guarda olhando para a porta da caverna para ver o que é que entrava. Ele observava se entrava algum bicho, homem estranho ou outra ameaça qualquer.

Nos dias de hoje já não precisamos usar este tipo de comportamento, porém ele está gravado nos genes do homem. Em uns ele é mais acentuado e em outros é mais leve.

Eu até que achei a teoria bem interessante. Vou pesquisar mais um pouco para ver se encontro mais alguma coisa a respeito disso...

É! Essa explicação do primo do deu amigo é bem interessante mesmo. Provavelmente deve ser alguma coisa relacionada com isso mesmo, acho que tem tudo a ver.
 

Edilson Rodrigues Silva

AMARRAR O BURRO













AMARRAR O BURRO
FICAR EMBURRADO
FICAR DE MAU HUMOR
FICAR DE BICO
FICAR AMUADO
***************************************************
EXPRESSÕES DA LÍNGUA PORTUGUESA
EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS
EXPRESSÕES POPULARES
EXPRESSÕES DO DIA A DIA
EXPRESSÕES DO POVO
***************************************************
Edilson Rodrigues Silva

A Velha Goiabeira - Cronicas Diversas


Ela, hoje, com cinqüenta anos já havia visto muitas coisas. Ela ficava imaginando e lembrando-se de todos que passaram por ali para provar dos seus frutos maravilhosos. Quantas famílias de passarinhos. Quantos animaizinhos terrestres se alimentaram das suas goiabas durante esse tempo todo.



Passaram-se muitas e muitas floradas, tempos de muito calor e também de muito frio. Uma coisa que a deixava feliz era saber que todos gostavam dos seus frutos. Ficavam esperando ela gerar aquelas goiabas carnudas e cheirosas. Como nada é perfeito neste mundo, algumas tinham bichos, ora, eles também eram filhos de deus e gostavam de uma goiaba.



Hum! E as combinações. Às vezes às pessoas ficavam ali colhendo as frutas e falavam o que iriam fazer: Goiabada cascão, goiabada com queijo minas, bolo de goiaba, goiaba em conserva e etc. ela ficava toda orgulhosa de saber que era apreciada de tantas maneiras diferentes e por pessoas de todas as idades.



Em especial, tinha uma coisa que ela gostava muito e, que, deixava ela bastante emocionada: Era quando a molecada subia nos seus galhos para ficar comendo as goiabas mais amarelinhas e também àquela bitelonas que ainda estavam meio verdes.



Eles comiam, comiam até ficar de barriga cheia e depois iam embora satisfeitos. E ela mais feliz ainda de ter feito a alegria de mais uma geração de crianças que, quando tornarem-se adultos vão olhar para ela e terão o mesmo carinho e saudades que ela tem por todos eles.





Edilson Rodrigues Silva

COMO SER FELIZ

MENSAGENS DE ANIVERSÁRIO

CRONICAS MAIS POPULARES

Translate

CURSOS GRATUITOS